Positividade e otimismo
Talvez você já tenha ouvido alguém dizer esta frase: “Você não pode fazer
tudo só com o pensamento positivo. Mas pode fazer tudo muito melhor do
que se estiver com o pensamento negativo”.

Antes de prosseguirmos na exploração do primeiro pilar do sucesso, quero
fazer um alerta: gosto muito de relembrar às pessoas que a positividade é
uma ferramenta incrível, mas que nunca deve ser utilizada para negar uma
realidade ou fugir de um desafio, achando que tudo vai se resolver por conta própria.

Ser positivo não é ser alienado, não é achar que um milagre
vai acontecer e resolver tudo que nos incomoda na vida. Você tem que ser o
milagre, é você que deve fazer o milagre acontecer.
A positividade sempre foi muito marcante na minha carreira e na minha
vida. Sem dúvida alguma, ela é uma das maiores aliadas de qualquer
jornada para estudar sem ter muito dinheiro é o financiamento estudantil no Fies 2020 inscrições É um motor que empurra você, para conquistar as coisas que
deseja.

E por que a positividade é tão importante? É bem simples: existem duas
maneiras de encarar qualquer coisa: a positiva e a negativa. A positiva
sempre auxiliará você a seguir em frente, vai lhe dar ânimo e energia, já a
negativa sempre atrapalhará a sua caminhada, vai colocá-lo para baixo e
anular os seus esforços.

Fuja da negatividade
A negatividade é contagiosa como um vírus. E fica completamente claro
quando uma pessoa está infectada pela negatividade. Toda pessoa negativa
tem um problema para cada solução. Para cada solução que você apresenta, a pessoa negativa traz um novo problema.

Você traz outra solução, e ela: “Sim, mas…”. E lá vem outro problema.
Em vez de ajudar a achar a solução, a pessoa negativa põe um problema
atrás do outro, contestando a solução proposta. E isso vira um círculo
vicioso. Para cada solução que você traz, ela encontra um novo problema equivalente ou maior.

Faz de tudo para justificar o famoso pensamento
negativo do “não há o que fazer”.
Costumo dizer que é mais fácil ter um filho do que ressuscitar um morto.
Por que eu digo isso? Porque é muito difícil você querer reviver alguém que
faz questão de estar morto. A pessoa negativa parece até que não quer viver.

Ela não quer enxergar o que é bom, não quer buscar uma solução.
Você é positivo ou negativo?
É importante perceber se você é uma pessoa positiva ou negativa. Mas
como saber isso?
É muito fácil ser positivo quando as coisas estão dando certo, as suas contas
estão pagas, seus negócios estão crescendo, sua família está com saúde e
sua vida está prosperando. Você nem pensa que precisa ter positividade e fé diante dessas circunstâncias.

Foi um tremendo de um no-show, e justamente em uma época em que eu
ainda não tinha o apoio da minha família, não tinha uma experiência de
sucesso, enfim, estava em um cenário desafiador para conseguir renegociação Fies 2020 Então, guardei todas as
coisas no carro e viajei mais quinhentos quilômetros de volta. Fiz um bate e
volta de mil quilômetros. Cheguei em casa morto.

Muita gente tem um fracasso momentâneo e passageiro e desiste de tudo,
resolvendo largar os sonhos. Mas, comigo foi diferente. Durante a viagem
de volta, vim pensando que, apesar de tudo, eu estava feliz porque tinha
feito a minha parte. Viajei muito e me dispus a dar o meu melhor… Então,
azar de quem não veio. Eu encarei a situação pelo lado bom.

A gente se toma emocionalmente forte depois de ser derrubado e se
levantar. Quantas pessoas tomam uma grande decisão depois de um grande
fracasso? E eu tomei a decisão de me tomar FODA. Muitas pessoas
desistiriam numa situação como essa. Depois desse dia, tornei-me
imparável.

Por isso eu digo que, se você está passando por algo parecido agora, por
algum desafio forte, entenda que isso é um teste de merecimento.

Porque o sucesso é 99% feito de fracasso. Então, aprenda a ressignificar as situações
que você enfrenta. Controle emocional é fundamental para a sua vida e o seu empreendimento. É isso que faz você se tornar FODA na vida

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *